intolerância alimentar

Tem Intolerância Alimentar?
O resultado com o Food Detective.

Food Detective testa as suas Intolerâncias Alimentares em 59 alimentos, de forma simples e prática. Descubra os alimentos a que é intolerante e elimine os desconfortos e mal-estar associados.

O Food Detective vai ajudá-lo a sentir-se melhor. Readquira um sono reparador. Recupere a sensação de leveza e conforto abdominal. Melhore o funcionamento intestinal. Sinta-se revigorado e enérgico.

A intolerância alimentar inclui reações imunológicas difíceis de relacionar com um alimento, por se tratar de uma patologia com sintomas pouco específicos, tais como: problemas de peso, problemas de pele (irritação, acne…), artrite, dores de cabeça, problemas respiratórios, depressão, ansiedade, cansaço, diarreias e obstipação.

Certificação: O teste Food Detective é produzido pela Cambridge Nutritional Sciences (CNS), um laboratório de especializado em testes alimentares de deteção de IgG ² e com uma gama de testes dirigidos a doenças autoimunes e infeciosas, no Reino Unido. É o maior fornecedor de testes de deteção de anticorpos da classe IgG ² internacionalmente.

Faça o Teste Food Detective. Melhore a sua qualidade de vida. Em uma hora fique a saber os resultados.
Estatísticas referem que mais de 45% da população sofre de alguma forma de Intolerância Alimentar, desconhecendo este facto.

Dados científicos comprovam que a eliminação dos alimentos a que há intolerância, faz com que haja melhorias significativas das queixas que acompanham as situações clínicas descritas.

São também notáveis as perdas de peso quando uma dieta é estabelecida tendo por base o resultado do teste.

As intolerâncias alimentares podem manifestar-se até 3 dias depois da ingestão do alimento em causa, o que dificulta a relação direta entre o alimento e a intolerância.

  • Inchado depois de comer certos alimentos?
  • Sensação de enfartamento?
  • Cansado em determinadas alturas do dia?
  • Dores de cabeça sem causa aparente?
  • Problemas de peso?
  • Insónias e ansiedade?
  • Problemas de pele?
  • Fadiga crónica?
  • Diarreias ou obstipação?

Muitas intolerâncias alimentares estão associadas a uma deficiência imunitária (produção de IgG ² que as difere das reação alérgicas com produção de IgE ¹) a determinado alimento ou alimentos. Inadequadas digestões, parasitas, infeções intestinais, dietas pobres em nutrientes e desequilibradas, consumo de álcool, efeitos de certos medicamentos, podem também ser causas para as intolerâncias.

O Food Detective é executado por profissionais da área da saúde e bem-estar, devidamente formados e preparados para, após fazerem o teste, procederem à avaliação dos resultados.

Após avaliação é elaborado o relatório e feito o devido aconselhamento sobre como, se necessário, eliminar alimentos da sua dieta e quais os alimentos que deve usar para os substituir.

Aconselhamos acompanhamento para o controlo regular dos progressos realizados e possíveis ajustes ou sugestões à nova dieta.

Faça o Teste Food Detective e diferencie Intolerâncias Alimentares de Alergias. 45% da população sofre de alguma forma de intolerância alimentar e menos de 2% sofre de alergias a alimentos.
Como se manifesta a Intolerância Alimentar?
Pode manifestar-se de muitas maneiras entre as quais dores de cabeça intensa, problemas de peso, problemas de pele, inchaço, enfartamento, diarreia e obstipação. Poderá apresentar-se como apenas um ou um conjunto dos sintomas acima referidos.
Não é fácil perceber que os alimentos são um catalisador para a ocorrência de determinados sintomas, uma vez que os sintomas de Intolerância Alimentar podem ocorrer várias horas ou dias depois.

Qual é a diferença entre alergia e Intolerância Alimentar?
Os termos são geralmente confundidos. Como padrão de alergia alimentar (ex.: alergia ao marisco ou amendoim) após a ingestão de um determinado alimento surge, geralmente, uma resposta aguda e imediata do sistema imunológico. Os sintomas da alergia alimentar vão desde espirros, prurido, irritação na pele, inchaço, fadiga, diarreia, até casos grave que podem chegar a ser fatais. Os sintomas ocorrem no espaço de alguns minutos a poucas hora, após contacto ou ingestão com o alérgeno.
O corpo alérgico, em contacto com a substância alergénica, produz anticorpos (lgE ¹) para lutar contra o alérgeno contido no alimento.
Na Intolerância Alimentar, como resultado de uma reação adversa do corpo a certos alimentos, são produzidos anticorpos da classe lgG ². Embora não ponha a vida em risco, a Intolerância Alimentar está associada a uma série de sintomas desagradáveis e muitas vezes sem causa aparente que pode tornar os nossos dias “miseráveis”.

¹) IgE Imunoglobulina E é um anticorpo. Está presente no soro sanguíneo em baixas concentrações. 50% dos pacientes com doenças alérgicas tem altos níveis de IgE. Os anticorpos da classe IgE são responsáveis pelos fenômeno anafiláticos em várias espécies, e particularmente no homem.

²) IgG Imunoglobulina G é um anticorpo. É o anticorpo principal nas respostas imunes secundárias.